Almeida Revista e Atualizada (1993) (ARA)
45

A mensagem de Jeremias a Baruque

451Palavra que falou Jeremias, o profeta, a Baruque, filho de Nerias, escrevendo ele aquelas palavras num livro, ditadas por Jeremias, no ano quarto de Jeoaquim,

45.1
2Rs 24.1
2Cr 36.5-7
Dn 1.1-2
filho de Josias, rei de Judá, dizendo: 2Assim diz o Senhor, Deus de Israel, acerca de ti, ó Baruque: 3Disseste: Ai de mim agora! Porque me acrescentou o Senhor tristeza ao meu sofrimento; estou cansado do meu gemer e não acho descanso. 4Assim lhe dirás: Isto diz o Senhor: Eis que estou demolindo o que edifiquei e arrancando o que plantei, e isto em toda a terra. 5E procuras tu grandezas? Não as procures; porque eis que trarei mal sobre toda carne, diz o Senhor; a ti, porém, eu te darei a tua vida como despojo, em todo lugar para onde fores.

46

Profecia a respeito do Egito

461Palavra do Senhor que veio a Jeremias, o profeta, contra as nações. 2A respeito do Egito. Contra o exército de Faraó-Neco, rei do Egito, exército que estava junto ao rio Eufrates em Carquemis; ao qual feriu Nabucodonosor, rei da Babilônia, no ano quarto de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá: 3Preparai o escudo e o pavês e chegai-vos para a peleja. 4Selai os cavalos, montai, cavaleiros, e apresentai-vos com elmos; poli as lanças, vesti-vos de couraças. 5Por que razão vejo os medrosos voltando as costas? Estão derrotados os seus valentes e vão fugindo, sem olhar para trás; há terror ao redor, diz o Senhor. 6Não fuja o ligeiro, nem escape o valente; para o lado do Norte, junto à borda do rio Eufrates, tropeçaram e caíram. 7Quem é este que vem subindo como o Nilo, como rios cujas águas se agitam? 8O Egito vem subindo como o Nilo, como rios cujas águas se agitam; ele disse: Subirei, cobrirei a terra, destruirei a cidade e os que habitam nela. 9Avançai, ó cavaleiros, estrondeai, ó carros, e saiam os valentes; os etíopes e os de Pute, que manejam o escudo, e os lídios, que manejam e entesam o arco. 10Porque este dia é o Dia do Senhor, o Senhor dos Exércitos, dia de vingança contra os seus adversários; a espada devorará, fartar-se-á e se embriagará com o sangue deles; porque o Senhor, o Senhor dos Exércitos tem um sacrifício na terra do Norte, junto ao rio Eufrates. 11Sobe a Gileade e toma bálsamo, ó virgem filha do Egito; debalde multiplicas remédios, pois não há remédio para curar-te. 12As nações ouviram falar da tua vergonha, e a terra está cheia do teu clamor; porque, fugindo o valente, tropeçou no valente, e ambos caíram juntos.

13Palavra que falou o Senhor a Jeremias, o profeta, acerca da vinda de Nabucodonosor,

46.13
Jr 43.10-13
rei da Babilônia, para ferir a terra do Egito: 14Anunciai no Egito e fazei ouvir isto em Migdol; fazei também ouvi-lo em Mênfis e em Tafnes; dizei: Apresenta-te e prepara-te; porque a espada já devorou o que está ao redor de ti. 15Por que foi derribado o teu Touro? Não se pôde ter de pé, porque o Senhor o abateu. 16O Senhor multiplicou os que tropeçavam; também caíram uns sobre os outros e disseram: Levanta-te, e voltemos ao nosso povo e à terra do nosso nascimento, por causa da espada que oprime. 17Ali, apelidarão a Faraó, rei do Egito, de Espalhafatoso, porque deixou passar o tempo adequado. 18Tão certo como vivo eu, diz o Rei, cujo nome é Senhor dos Exércitos, certamente, como o Tabor é entre os montes e o Carmelo junto ao mar, assim ele virá. 19Prepara a tua bagagem para o exílio, ó moradora, filha do Egito; porque Mênfis se tornará em desolação e ficará arruinada e sem moradores. 20Novilha mui formosa é o Egito; mas mutuca do Norte já lhe vem, sim, vem. 21Até os seus soldados mercenários no meio dele, bezerros cevados, viraram as costas e fugiram juntos; não resistiram, porque veio sobre eles o dia da sua ruína e o tempo do seu castigo. 22Faz o Egito um ruído como o da serpente que foge, porque os seus inimigos vêm contra ele, com machados, quais derribadores de árvores. 23Cortarão o seu bosque, diz o Senhor, ainda que impenetrável; porque se multiplicaram mais do que os gafanhotos; são inumeráveis. 24A filha do Egito está envergonhada; foi entregue nas mãos do povo do Norte. 25Diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Eis que eu castigarei a Amom de Nô, a Faraó, ao Egito, aos deuses e aos seus reis, ao próprio Faraó e aos que confiam nele. 26Entregá-los-ei nas mãos dos que lhes procuram a morte, nas mãos de Nabucodonosor, rei da Babilônia, e nas mãos dos seus servos; mas depois será habitada, como nos dias antigos, diz o Senhor.
46.2-26
Is 19.1-25
Ez 29.1—32.32

27Não temas, pois, tu, servo meu, Jacó, nem te espantes, ó Israel; porque eu te livrarei do país remoto e a tua descendência, da terra do seu cativeiro; Jacó voltará e ficará tranquilo e confiante; não haverá quem o atemorize. 28Não temas, servo meu, Jacó, diz o Senhor, porque estou contigo; darei cabo de todas as nações para as quais eu te arrojei; mas de ti não darei cabo; castigar-te-ei, mas em justa medida; não te inocentarei de todo.

47

Profecia a respeito dos filisteus

471Palavra do Senhor que veio a Jeremias, o profeta, a respeito dos filisteus, antes que Faraó ferisse a Gaza. 2Assim diz o Senhor: Eis que do Norte se levantam as águas, e se tornarão em torrentes transbordantes, e inundarão a terra e a sua plenitude, a cidade e os seus habitantes; clamarão os homens, e todos os moradores da terra se lamentarão, 3ao ruído estrepitoso das unhas dos seus fortes cavalos, ao barulho de seus carros, ao estrondo das suas rodas. Os pais não atendem aos filhos, por se afrouxarem as suas mãos; 4por causa do dia que vem para destruir a todos os filisteus, para cortar de Tiro e de Sidom todo o resto que os socorra; porque o Senhor destruirá os filisteus, o resto de Caftor da terra do mar. 5Sobreveio calvície a Gaza, Asquelom está reduzida a silêncio, com o resto do seu vale; até quando vós vos retalhareis? 6Ah! Espada do Senhor, até quando deixarás de repousar? Volta para a tua bainha, descansa e aquieta-te. 7Como podes estar quieta, se o Senhor te deu ordem? Contra Asquelom e contra as bordas do mar é para onde ele te dirige.

47.1-7
Is 14.29-31
Ez 25.15-17
Jl 3.4-8
Am 1.6-8
Sf 2.4-7
Zc 9.5-7

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]