Almeida Revista e Atualizada (1993) (ARA)
2

A vinda do Senhor. A revelação da apostasia. O homem da iniquidade

21Irmãos, no que diz respeito à vinda

2.1
1Ts 4.15-17
de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, nós vos exortamos 2a que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor. 3Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniquidade, o filho da perdição, 4o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus.
2.3-4
Dn 11.36
5Não vos recordais de que, ainda convosco, eu costumava dizer-vos estas coisas? 6E, agora, sabeis o que o detém, para que ele seja revelado somente em ocasião própria.

O caráter do homem da iniquidade e a sua derrota

7Com efeito, o mistério da iniquidade já opera e aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém; 8então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca

2.8
Is 11.4
e o destruirá pela manifestação de sua vinda. 9Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, 10e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos.
2.9-10
Mt 24.24
11É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, 12a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça.

Ação de graças e exortação

13Entretanto, devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados pelo Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a salvação, pela santificação do Espírito e fé na verdade, 14para o que também vos chamou mediante o nosso evangelho, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. 15Assim, pois, irmãos, permanecei firmes e guardai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.

16Ora, nosso Senhor Jesus Cristo mesmo e Deus, o nosso Pai, que nos amou e nos deu eterna consolação e boa esperança, pela graça, 17consolem o vosso coração e vos confirmem em toda boa obra e boa palavra.