Almeida Revista e Atualizada (1993) (ARA)
2

A prática da oração por todos os homens. Um só Mediador

21Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, 2em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. 3Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, 4o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. 5Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, 6o qual a si mesmo se deu em resgate por todos: testemunho que se deve prestar em tempos oportunos. 7Para isto fui designado

2.7
2Tm 1.11
pregador e apóstolo (afirmo a verdade, não minto), mestre dos gentios na fé e na verdade.

Proceder conveniente no culto público

8Quero, portanto, que os varões orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem animosidade. 9Da mesma sorte, que as mulheres,

2.9
1Pe 3.3
em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro, ou pérolas, ou vestuário dispendioso, 10porém com boas obras (como é próprio às mulheres que professam ser piedosas). 11A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão. 12E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio. 13Porque, primeiro, foi formado Adão,
2.13
Gn 2.7
depois, Eva.
2.13
Gn 2.21-22
14E Adão não foi iludido,
2.14
Gn 3.1-6
mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. 15Todavia, será preservada através de sua missão de mãe,2.15 missão de mãe: dar à luz filhos se ela permanecer em fé, e amor, e santificação, com bom senso.