A Bíblia pode ajudar uma mãe?

Erní Seibert

O apóstolo Paulo, em sua Segunda Carta a Timóteo, lembra a este jovem pastor o grande valor que tinham sua mãe e sua avó. A menção a essas duas mulheres aparece logo no começo desta Carta. No primeiro capítulo, versículo 5, o apóstolo diz: “Lembro da sua fé sincera, a mesma fé que a sua avó Loide e Eunice, a sua mãe, tinham. E tenho a certeza de que é a mesma fé que você tem.” Ou seja, o apóstolo Paulo reconhecia no jovem Timóteo a mesma fé sincera que viu na mãe e na avó de Timóteo. Ou seja, ele seguiu sua mãe e sua avó na fé em Jesus Cristo.

A segunda menção que o apóstolo Paulo faz a essas duas senhoras está no capítulo 3, versículo 15: “E, desde menino, você conhece as Escrituras Sagradas, as quais lhe podem dar a sabedoria que leva à salvação, por meio da fé em Cristo Jesus.” Nessa segunda passagem, a menção à mãe e avó de Timóteo é indireta. Timóteo, que em sua vida reproduzia a fé sincera de sua mãe e avó, havia aprendido, na infância, as Escrituras Sagradas. O texto não diz explicitamente, mas a carta indica que Timóteo havia aprendido as Escrituras com sua mãe e sua avó.

Em nossa sociedade, o que é recomendado que as mães façam em favor de seus filhos? Quais são os ideais recomendados para que as mães deixem para os seus filhos? A Bíblia está entre os livros recomendados para mães utilizarem com seus filhos?

É sabido que as mães, no processo de criarem os seus filhos, passam para eles seus valores e suas convicções. Os ideais de uma sociedade passam pelos ideais das mães.

No Brasil, dizem as estatísticas, a presença da mãe é mais estável na vida das crianças do que a presença do pai. Muitas mães são abandonadas pelos seus maridos quando os filhos são pequenos. Muitas vezes essas mães aceitam viver com novos companheiros. A criança vai se adaptando à situação. A legislação brasileira, em muitos documentos, pede apenas o nome da mãe da pessoa. Ela não pede o nome do pai, pelas razões da instabilidade da relação do pai com os filhos em tantas situações. A mãe não muda ao longo da vida. É a mãe que, nesses casos, precisa dar aos filhos uma visão de mundo adequado para o desenvolvimento da futura geração. Pois é exatamente aí que a Bíblia pode ajudar, e muito.

Quando uma mãe começa a ler a Bíblia para e com os seus filhos, eles aprendem coisas importantes para a vida. Eles aprendem que, mesmo que haja problemas em sua família, existe um Deus que os criou e que os ama. Aprender que Deus é o exemplo de pai que sempre cuida de seus filhos é um ensinamento precioso da Bíblia. Deus cuidou de viúvas e órfãos. Deus cuidou de José, que foi vendido pelos seus irmãos para ser escravo no Egito. Deus ama a todas as pessoas, independentemente dos problemas que essa pessoa enfrenta. Deus é uma rocha firme em meio aos temporais da existência. Com a Bíblia, a mãe consegue ensinar isso aos seus filhos.

Além disso, com uma Bíblia em suas mãos, a mãe pode ensinar a história de Jesus para os filhos. Na história de Jesus aprendemos que “…Deus amou o mundo tanto, que deu o seu único Filho, para que todo aquele que nele crer não morra, mas tenha a vida eterna” (João 3.16). Jesus é o Filho de Deus. Ao morrer na cruz, Jesus pagou por todos os pecados e, na ressurreição, venceu a morte. Quem crê em

Cristo tem vida a eterna. Que ensinamento precioso as mães podem dar aos seus filhos ensinando isso a eles! Foi o que a mãe de Timóteo fez. Ela ensinou para seu filho a sabedoria que só a Bíblia pode ensinar.

Muitas mães fazem isso com seus filhos. Existem inúmeros exemplos na história do cristianismo de mães que, com a Palavra de Deus, influenciaram positivamente seus filhos. Mencionamos dois exemplos famosos. A mãe de Agostinho, com sua firmeza na fé e ação, deu para a Igreja e para a humanidade, um dos seus maiores pensadores e um dos maiores professores da fé cristã. Outro exemplo é a mãe de John Wesley. Ao ensinar a Wesley e seus irmãos a fé cristã, ela não apenas deu a base firme de fé para um dos grandes reformadores da história da Igreja, mas provocou algumas das maiores transformações sociais jamais vistas.

Mães podem fazer muito com Bíblias em suas mãos. Uma Bíblia ajuda a mãe, os filhos e toda a família. Como seria o nosso mundo se todas as mães colocassem em suas mãos a Bíblia Sagrada?

🗓 Publicado em Sábado 7 maio 2022